Rafitec Propex apoia HRO: Mais qualidade e humanização no atendimento a idosos, crianças e adolescentes
banner-sobrepor2
23.11.2022

Rafitec Propex apoia HRO: Mais qualidade e humanização no atendimento a idosos, crianças e adolescentes

O Hospital Regional do Oeste – HRO é referência para 76 municípios, atendendo uma população de mais 1 milhão de habitantes, chegando a 130 municípios nos serviços de Oncologia e Radioterapia. Também é referência em alta complexidade – Traumatologia e Ortopedia, Neurologia/Neurocirurgia, UNACON (Quimioterapia, Radioterapia, Oncologia Clínica e Cirúrgica e Braquiterapia), Terapia Nutricional, Captação de Órgãos e Tecidos e Transplante de rins e córneas e Banco de Tecido Ocular. Integra a Rede Cegonha – Gestante de Alto Risco e a Rede de Urgência e Emergência. Segundo dados estatísticos, no período de janeiro a setembro deste ano, foram realizados aproximadamente 60 mil atendimentos a idosos, sendo estes a nível ambulatorial e de internação hospitalar. Também no mesmo período nasceram 2.734 Rns.

A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira – ALVF, possui um setor responsável pela elaboração de projetos e captação de recursos para os três hospitais administrados pela ALVF – o Hospital Regional do Oeste – HRO, Hospital da Criança Augusta Müller Bohner – HC e Hospital Nossa Senhora da Saúde – HNSS em Coronel Freitas. Conversamos com as responsáveis por este importante trabalho, a Assistente Social Marli Cerutti Machado e a Gerente de Serviços, Vânia Maria Lovera, sobre a importância dos repasses realizados pela Rafitec Propex e também sobre um dia especial que acontece em novembro – o Dia de Doar. Acompanhe a reportagem:

Seguindo com o propósito de fazer sua parte na busca por uma sociedade melhor, a Vaccaro Group desenvolve de forma continuada ações sociais, não apenas na matriz localizada em Xaxim(SC), como em todas as cidades e estados brasileiros onde possui filiais.

Uma dessas ações de grande importância para a comunidade do Oeste catarinense, desenvolvida pela Rafitec Propex é o repasse do IR para os projetos aprovados na modalidade de Chancela via Fundos do Idoso, Criança e Adolescente para o Hospital Regional do Oeste – HRO, localizado na cidade de Chapecó/SC. Os projetos que contemplam o atendimento à Pessoa Idosa enfatizando a Importância da qualificação e adolescentes gestantes, com foco no atendimento humanizado e seguro foram aprovados no ano de 2021 e tem validade de captação até final de 2023.

“Através dos projetos de chancela de Imposto de Renda, a exemplo da empresa Rafitec que destinou o percentual legal para os projetos previamente aprovados pelo Fundo para a Infância e Adolescência – FIA e Fundo Municipal do Idoso – FMI, as instituições filantrópicas tem a oportunidade de qualificar a prestação dos seus serviços, tendo em vista que, os recursos escassos recebidos pelo Sistema Único de Saúde – SUS, como no caso do Hospital Regional do Oeste – HRO, são destinados para a operacionalização básica dos serviços, enquanto que os recursos advindos das destinações de Imposto de Renda e doações diversas são destinadas  para a qualificação e humanização da assistência. Quando falamos da qualificação e humanização, nos referimos desde  investimentos com equipamentos de tecnologia, até o conforto e ambiência para o paciente e seu familiar, pois a assistência integralizada vai além da curativa, ela envolve o contexto biopsicossocial do paciente e seu familiar”, destaca Marli.

No projeto Atendimento à Pessoa Idosa: a Importância da Qualificação o valor total é de R$ 188.027,83 e somente a Rafitec Propex tem feito a destinação de recursos.

“Este projeto objetiva adquirir livros, material didático para capacitação dos profissionais que atuam no atendimento hospitalar das pessoas idosas e também serão realizados cursos de Reiki, Auriculoterapia, entre outros, seminário para o público interno e externo que atuam no atendimento dos idosos”, salienta a Assistente Social Marli.

O segundo Projeto que a empresa tem feito destinação de recursos é do CMDCA – FIA, Gestação à Adolescência, Atendimento Humanizado e Seguro. O valor Total do Projeto é de R$ 787.292,30 com valor captado até novembro/2022 de R$ 360.517,34, sendo R$ 98.939,59 repassados pela Rafitec Propex e o restante dos recursos captados com empresas diversas. O objetivo é adquirir equipamentos médico-hospitalares e de ambiência para os setores de Centro Obstétrico, UTI Neonatal, Maternidade e Neonatologia Clínica.

DIA DE DOAR – COLABORE VOCÊ TAMBÉM

Em 2022, no dia 29 de novembro, terça-feira, o Brasil inteiro vai se mobilizar pelo Dia de Doar: milhares de organizações estarão preparadas para receber doações, e milhões de brasileiros vão demonstrar seu apoio, doando e tornando pública a doação compartilhando a hashtag #diadedoar nas mídias sociais. A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira – Hospital Regional do Oeste faz parte da campanha:

Dia 29 de novembro é considerado o Dia de Doar, data especial para promover a cultura de doação junto à comunidade. O objetivo desta campanha é chamar a atenção de empresários e da comunidade em geral para a importância das doações no decorrer de todo o anoAproveitando esse momento especial do Mês da Doação, também iremos divulgar as doações por Pix através do site da Associação – AMORPELAVIDA@HRO.GOV.BR. Durante todo o mês serão realizadas várias ações com parceiros de diversas áreas e no dia 29 de novembro estaremos reunindo para um café todos os parceiros da ALVF em sinal de agradecimento”.

No Brasil, o Dia de Doar foi realizado pela primeira vez em 2013, um ano depois da primeira edição nos Estados Unidos, em 2012. A partir de 2014 o Brasil passou a fazer parte do movimento global, que hoje conta com 85 países participando oficialmente.

Dia de Doar é realizado como parte do Movimento por uma Cultura de Doação, uma junção de organizações e indivíduos que promovem o engajamento das pessoas com as causas e as organizações da sociedade civil, por meio da doação como instrumento para fortalecimento da democracia. Quem organiza e lidera a mobilização é a ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos. (Material elaborado pela RafitecPropex).

A ALVF

O presidente da Diretoria Executiva da Associação Lenoir Vargas Ferreira, Reinaldo Fernandes Lopes, destaca outros dados das instituição (conforme números de junho de 2022):

QUEM SOMOS? 

  • A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira – ALVF é um entidade filantrópica sem fins lucrativos, mas de caráter privado, é composta por 49 pessoas de todos os segmentos da sociedade civil, membros estes que atuam de forma voluntária, e que além de serem sócios da Associação Hospitalar, são membros representantes sociedade civil organizada, como a: ACIC, CDL, Lions Clube Chapecó, Sindicato da Construção Civil, Rotary Clube, AVHRO – Associação de Voluntários do HRO, entre outras.

O QUE FAZEMOS? 

  • A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira – ALVF, atualmente, é responsável pela Gestão das Instituições Hospitalares HRO – Hospital Regional do Oeste, HC – Hospital da Criança Augusta Müller Bohner e HNSS – Hospital Nossa Senhora da Saúde da cidade de Coronel Freitas SC. 

COMO FAZEMOS? 

  • Contamos com 1.550 colaboradores contratados, em regime de contrato celetista (CL que atuam nas três Instituições Hospitalares administradas pela ALVF.
  • Contamos com 423 profissionais médicos, com contrato de prestação de serviços médicos, que atuam junto às Instituições Hospitalares administradas pela ALVF, assim distribuídos, HRO – 350 médicos, HC – 51 médicos, HNSS – 22 médicos.
  • Atendemos usuários de diversos Convênios de Saúde, como, SUS – Sistema Único de Saúde, SC Saúde, FAS, BRF, entre outros.
  • Somos porta aberta para atendimento de Pronto Socorro, além de atendermos todas as especialidades somos referência no atendimento dos seguintes Serviços de Alta Complexidade: Rede de Urgência/Emergência, Oncologia Clínica e Cirúrgica Adulto e Pediátrico com Radioterapia, Traumatologia/Ortopedia, Gestação de Alto Risco – Rede Cegonha, Captação e Transplante de Órgãos – Rim e Córnea, Neurologia/Neurocirurgia. 

COM QUANTO FAZEMOS? 

  • Teto SUS: R$ 6.200.000,00
  • PHC: R$ 1.535.000,00 (Política Hospitalar Catarinense)
  • R$ Variável: 1.000.000,00