Nota de Esclarecimento
banner-sobrepor2
22.11.2022

Nota de Esclarecimento

A Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (ALVF), administradora do Hospital Regional do Oeste (HRO) reitera manifestação tornada pública ainda em julho, ocasião em que o Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) concluiu levantamento sobre a gestão e repasse de recursos públicos do Governo do Estado à instituição: acatamento integral das recomendações sobre algumas inconformidades verificadas durante o levantamento, mediante a adoção de medidas administrativas para corrigi-las.

Sobre recursos financeiros, acentua que União, Estado e Município fizeram os repasses legais de acordo com a legislação tripartite totalizando cerca de R$ 200 milhões em 2021, mas com a contraprestação de serviços no atendimento à população mais vulnerável, ou seja, 94% SUS. De acordo com as Demonstrações Contábeis, auditadas pelo Governo, o exercício de 2021 terminou com um déficit de R$ 30,9 milhões.

Por outro lado, as denúncias contra ex-dirigentes apontando supostos desvios entre 2014 e 2017 foram descartadas pelo Poder Judiciário.

Em diversas oportunidades o Conselho de Administração e a Diretoria Executiva tem se pronunciado no sentido de que auditorias e levantamentos por órgãos fiscalizadores são muito bem-vindos, pois reafirmam a política de transparência da ALVF; duas delas, realizadas pelo Governo do Estado em 2021, confirmaram os números apresentados.

Por fim, destaca que a instituição custeia uma Auditoria independente para avaliar processos, registros e procedimentos, com finalidade de detectar eventuais deficiências e recomendar correções. (Chapecó, 22 de novembro de 2022)