Inaugurados seis novos leitos de UTI no HRO
banner-sobrepor2
15.07.2011

Inaugurados seis novos leitos de UTI no HRO

Foi inaugurado na sexta-feira (15/7) os 06 novos leitos de UTI – Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional do Oeste – HRO. Agora o hospital conta com 17 leitos de UTI que vão poder melhor atender a população de Chapecó e região.

De acordo com Severino Teixeira da Silva Filho, presidente da Diretoria E-xecutiva da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF), entidade filantrópica que administra o HRO, a ampliação da UTI era uma necessidade do HRO. “A demanda é grande e precisamos buscar formas para melhor atender a população. Com essa ampliação, certamente os serviços oferecidos serão mais eficiente”, destacou.

O prefeito de Chapecó, José Claudio Caramori, destacou que é sempre necessário buscar novos investimentos para a área de saúde. Ele explicou que o município de Chapecó, por exemplo, investe cerca de 22% dos recursos do município nessa área. “Para que o atendimento seja efetivo, os investimentos são necessários, e a parceria entre os governos municipais, estadual e federal certamente precisa ser uma realidade”, comentou.

O vice-governador do Estado de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, destacou que o setor de saúde é a prioridade do atual governo. Segundo ele, para tentar diminuir os problemas de saúde na região oeste, o HRO já recebeu inúmeros recursos e investimentos do governo do estado nesses últimos anos. “A gestão precisa ser clara e transparente para que os recursos sejam bem aplicados e assim trazendo os resultados esperados”, enfatizou.

O governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, disse que o setor de saúde é uma das grandes preocupações desse governo. Ele comentou que para seguir a lei que diz “que a saúde é um direito de todo cidadão e um dever do estado” muitos desafios precisam ser enfrentados e muitos resultados precisam ser alcançados.

O governador destacou também que a saúde tem um lado difícil, que é a falta de recursos para investir nessa área e um lado bom que são os avanços tecnológicos, que auxiliam o trabalho dos profissionais. “A área da saúde é um desafio de todos os governos, pois cada vez é maior e intenso o desafio para manter os equipamentos e assim ter uma saúde de qualidade em nosso estado”, finalizou.